sobre nós

Pintar paredes é chato demais.
a gente
Na verdade, pintar é o de menos, mas cobrir o chão, os móveis, colar fitas, misturar a tinta, usar roupa de sujar, tirar a tinta das mãos, da cara, do cabelo… E o cheiro, e os materiais…
Por isso, na última mudança escolhemos colar papel de parede. Mas as estampas nacionais são sempre as mesmas e, vamos concordar, importar papel de parede é que nem comprar álbum de figurinhas pronto.
Assim, decidimos criar o nosso.
Desenhamos nossa própria estampa, procuramos (e procuramos e procuramos) onde imprimir em tamanho gigante sem gastar uma fortuna, pesquisamos colas atóxicas e fáceis de retirar.
Resultado: sucesso total. A parede ganhou vida extra com a textura fantástica… de ir rápido.
Todo mundo que vinha em casa nos perguntava, “onde compraram?” “quem colou o papel?” e assim nasceu praparede: rápida, divertida e amassada.